26/02/2014

Carna!

Tem gente que não curte carnaval, que despreza a alegria momesca e faz pouco caso de qualquer folia que se veja, seja de bloco, de escola de samba, de Pierrot apaixonado, enfim... 

Ha também o folião nato, aquele que nesse momento está escolhendo sua fantasia, imaginando como ficará com aquela maquiagem ou mascara, do frisson que vai causar a si próprio ao se olhar no espelho e se ver dentro de uma outra personalidade...

Há também os tarados por predileção, sem restrição de sentimentalidades, querem é se esbaldar na festa da carne, custe o que custar, e que a carne aguente até tudo acabar...

Eu já "provei tantas frutas" que te deixariam tonta... Mas hoje, há alguns anos, admiro muito todos esses tipos, curto olhar o carnaval bem de perto, como um espectador, um voyeur que não toca em nada, que fica somente observando o nirvana da carne tremula, hoje desafio o mundo sem sair da minha casa...

Meu desejo de carnaval é ser abraçado com carinho por quem eu tanto desejo e que você brinque com responsabilidade e juízo, sem  magoar ninguém e evitando se ferir.

André Luz


Nenhum comentário:

Postar um comentário