17/12/2013

Guarda-Roupa

Paz se veste de paz
Assim é que se acalmas

Revestir de guerra 
A Paz se erra

Em resposta a nunca ter respondido
Eu digo, não brinque mais com meu abrigo

Se não: não serás nem terá sido, paz.

André Luz




Nenhum comentário:

Postar um comentário