09/12/2013

Blues dos corujões sonidos eou Só nesse dia

O baton não se espalhou em meu rosto
Eu também não borrei o rimel dela
Maquiamos o medo
Com o pó de cor(agem).

Tratamos de um blues devagar
Dançamos no clube
Eu vestido dela
Lambendo suas tatuagens

Um trago, e um fim aos problemas
Altas horas
Tópicos tropicais
Loucuras, jazz

Corujas noturnas
Voam pelas ruas
Enquanto versávamos
Num monte de noite e luz

E quando saí, era só eu.

André Luz - De Tudo Hum Pouco

Nenhum comentário:

Postar um comentário