23/09/2013

Sempre Nunca¡

Não falo mais de amor!
Nem de saudade, arrepio ou vontades:
Não falo mais de amor!
Nem do corpo num corpo,
Do beijo fogoso,
Do húmido e do gozo,
Nem do sereno dormir tocado trocado.
NÃO FALO MAIS DE AMOR!!!!
Nenhum suave veneno ao coração
Nenhum sim dizendo nãooooo
Sem coxas se esfregando no colchão.
Não falo mais dessa farça Franca! Manta santa que se alastra
E faz do meu cio o castigo
Onde a nascente é seu gemido me clamando pelos encantos ao toque das mãos...
Não digo mais!
Calo vivo o bumbo forte que tange minhas artérias tesas,
Onde o pensamento se funde a matéria incerta da sua pele causando minha tremedeira...
E desses sonhos em não se falar mais, vou em vão mudando o sim pro lugar do não...

André Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário