16/07/2013

Sinceramente eu prefiro o silêncio dos meus versos
Mas não sou de aceitar socos e berros
Como seu eu fosse um cão vagabundo, um mero ego.

Então se sucumbir em ti a vontade de me escarrar
Saiba que nobre será o excremento que de dentro de você sairá!

Eu mesmo fraco, ainda tenho força pra viver até a morte!

André Luz Gonçalves


Nenhum comentário:

Postar um comentário