14/07/2013

Silêncio e Luz

O silêncio das palavras que não digo adoece minha alma, pra me curar, Eu mudo.

E esse lastro mal preparado pro mar de amar me mede feito um relógio quebrado, onde toda vez que me consulto, encalho no que me julga voltar ao mesmo momento.

André Luz Gonçalves

Nenhum comentário:

Postar um comentário