25/06/2013

Até quando

Catador de sentido
Sopro do ritmo
Mais do fim desde o início, brado profano canto do seu gozo e eu.

pirilampo em flauta de pan subtone sons bemois
DO amor entre o Invasor oblíquo
e a sonsa inocência.

André Luz Gonçalves

Nenhum comentário:

Postar um comentário