16/04/2013

Bico de gotas

Bico
das gotas
Boca com mil
pingos
ainda serei
chuva,
querendo te tomar
mil braços
teu
beijo graúdo
Descansando seu cansaço
Abraço.

Menina
gigante, Formiga saúva
me belisca rubra!
Guarda certa a calma
Alma dos vulcões
Jeito
odara,
fios de contas
Imagens
raras,
água que molha
fartas plantas.

Alva
negra que se quer
Metade desejo,
metade encanto.
Fala baixinho,
de vagar,
quase escutar.

Ela
sorriu e ficou
com seu olhar
eu reino.

André Luz Gonçalves



Nenhum comentário:

Postar um comentário