15/02/2013

Supri o incabível
Comprimi o infinito
Dei silêncio ao ritmo
Esperei me contradizer

Sorri seu novo sorriso
Desenhei sua boca com meus dentes
Usei tudo que passou
Para ser novo, feito o amor.

André Luz Gonçalves

Nenhum comentário:

Postar um comentário