03/01/2013

Laço

Doce querer
Manhãs de janeiro
Sem te ver
O ano inteiro

Amargo gosto
Exalou 
Afago torto
Me preparou

Sem demora eu espero
Esmero meu pensamentos
Paz nos meus receios
Querer te querer bem

No meu peito seu rosto
Eu ainda sindo seu gosto
Ardendo, sereno,
Suave veneno.

André Luz

Nenhum comentário:

Postar um comentário