08/07/2012

Mando, mas não muito.



Não sou abismo
Posso até ser difícil
Sismo, implico e fico
Mas não sou abismo.


Não pareço com 
p
r
e
c
i
p
í
c
i
o
Carrego comigo o início
Sou bicho bravo cheio de brio
Mas longe do f
                          u
                            n
                              d
                                 o 
                                    eu fico.


Vivo próximo a borda da vida
E de lá deixo você ir 



    sair escondida
                           Se e s p a l h a , causa & efeito.


E de lá da minha borda
fito a tua saia florida
E de lá de onde ela está
ela ri!


Que a alma é vadia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário