19/07/2012

Charles Bukowski


A dor é uma coisa estranha.
Um gato que mata um pássaro,
um acidente de automóvel,
um incêndio...

A dor chega,
BANG,
e eis que ela te atinge.

É real.

E aos olhos de qualquer pessoa pareces um estúpido.
Como se te tornasses, de repente, num idiota.

E não há cura para isso,
a menos que encontres alguém
que compreenda realmente o que sentes
e te saiba ajudar...


Um comentário:

  1. Quem sou para comentar um gênio na concepçaõ da palavra. A dôr é intranferivel,Pessoal, todos pensamos que a nossa dor ´é maior que a do vizinho, é mais facil assim cada um fica com a sua.

    ResponderExcluir