26/06/2012

Mar de mágoas

Tristeza, 
Palavra montada com minúsculos sentimentos 
Somam e traz a tona meu olhar mais fraco, frágil brutalidade 
Meu peito agora dói, minhas preocupações se ampliam

Encolho no calor da angustia como a roupa ao calor da água 


Traço um sorriso no horizonte da minha cara 
Esboço um astral comemorativo enaltecendo minha sobrevivência 
Nada mais.


Mas lá no fim do túnel vem o trem da esperança, 
Não o vejo mas, 
Se eu encostar meus ouvidos nos trilhos,
Sentirei o futuro ou será apenas reflexos do passado?



Nenhum comentário:

Postar um comentário