26/06/2012

Convexo da minha ideia côncava.


Moro dentro de minhas idéias
De lá só saio à noite
Rasgo o vento
Supro meus anseios
Rumo
Cato o que me comove
Falo o que me move
Uso sua imagem para meu reflexo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário