08/06/2012

?


Um beijo!
Grande feito minha língua
Apertado como suas coxas cruzadas.
Hábil como meus dedos nos seus segredos úmidos

Ritmos frenéticos e cálidos, gozos.
Anti-ritmo!
Pausa para olhar o seu olhar!
Embebido em seus mamilos, digo:

- Deixa?


Nenhum comentário:

Postar um comentário